"... Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca..."

Pessoal, clique em READ MORE para ler os posts completos,ok?

TRAÇA E CIA - "Desculpa, quero me casar contigo"

Nossa, depois de muito tempo consegui terminar uma leitura! Depois que fui "promovida" a Traça oficial não terminei um livro sequer. Agora acho que vai. rs
Também... 12h dentro de um ônibus dá para ler e reler, né?! rs
Pelo menos tem um lado bom... coloquei a leitura em dia!
E pensando bem, tudo tem um lado bom, até aquela rodoviária esquisita de BH tem... tenho boas lembranças de lá. rs
Bom, aqui estou eu depois de esperar 30min na porta do hotel, que estava trancado, sem campainha, e ninguém atendia ao telefone. Ah, e depois de quase congelar, porque aqui está mais frio que em casa.
E vamos ao que interessa... o livro!!
 
Autor: Federico Moccia
Editora: Planeta
Ano Edição: 2010
Número Edição: 1
Qtde. Páginas: 416
 
 
SINOPSE:

Alex e Niki continuam perdidamente apaixonados um ano depois de voltarem da viagem à ilha Blu onde, entre juras de amor eterno, viveram dias inesquecíveis. Ao voltar, Alex começa a pensar sobre a possibilidade de pedir Niki em casamento, só que ele não faz a menor ideia de como vai fazer isso. Entre o estranhamento da volta à realidade e os sentimentos intensos de amor e paixão, Niki e Alex percebem que, diante de novos desafios, poderão ter de enfrentar uma difícil pergunta - 'O amor pode durar para sempre?'.

MINHA OPINIÃO:

Confesso que não esperava continuação para o livro "Desculpa se te chamo de amor" e fiquei feliz ao encontrar, por acaso, "Desculpa, quero me casar contigo" na livraria. Comprei sem pensar duas vezes!
Niki e Alex voltam da ilha e continuam juntos, e melhor: felizes!
Niki vive seu conto de fadas (inclusive esse termo é usado pelo autor) quando Alex a pede em casamento. Realmente é bem romântico. Mas como nada é perfeito, ainda mais quando falamos de relacionamentos, aparece Raffaela e Guido na vida deles.
As amigas (Erica, Olly e Dilleta) também vivem seus dramas e amores, assim como os amigos de Alex, mas como na leitura do primeiro livro, teve momentos em que tive vontade de pular partes que falam delas para saber logo o que acontece com Niki.
Nesse livro, como no anterior Federico Moccia mantém o foco no amor, e desta vez nas dificuldades que enfrentamos ao amar. Fala dos medos, frustrações e angústias que enfrentamos em um relacionamento e principalmente o medo de assumir e enfrentá-los, deixando o que há de bom escapar.
Se não está numa fase boa, prepare-se para se identificar com vários personagens e se emocionar com eles.
Mas ainda acredito que se quisermos de verdade, as dificuldades começam a se tornar insignificantes. Se as dificuldades tornam-se grandes demais, "difíceis" demais, é porque não queremos de verdade ou a quantidade necessária.
Vale a pena ler!

Se não bastasse "ler o amor", estou aqui assistindo "O amor não tira férias".
E a parte boa é que amanhã não tenho que madrugar no frio. rs

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visitinha.
Vou adorar um recadinho seu.
Ah, vai... deixa um "oi"! rs
Só clicar aí acima em "postar um comentário".
beijos

Quem passa por aqui!

Por onde passei...


Visualizar Por onde passei... em um mapa maior

  © NOME DO SEU BLOG

Design by Emporium Digital