"... Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca..."

Pessoal, clique em READ MORE para ler os posts completos,ok?

Guardado na memória (e no SCRAPBOOK)

Que viajar é bom, acho que todos concordam comigo, né?!
Confesso que me divirto tanto antes de ir, pesquisando, montando roteiro..., quanto durante a viagem.
O que dizer do depois?!
Ah, olhar as fotos, relembrar onde estivemos, as histórias... delícia, não é?
Nesse momento fazemos outra viagem... uma viagem na memória!
Quer melhor do que quando todas as fotos estão organizadinhas ou quando guardamos memorabilias*??

"Memorabilia - certificados, documentos, lembranças de viagens ou de ocasiões especiais e outros itens que contam uma história" (Fonte: Scrapdiary)

Você já deve ter visto aqui nesse blog alguns posts sobre o scrapbooking, que nada mais é do que a arte de organizar e decorar os álbuns.
Passeando por alguns blogs de turismo, encontrei a Anna do Finestrino, que também faz scrap de suas viagens, mas de uma forma bem interessante.
Assim nasceu essa sessão, onde mostrarei ideias para guardar suas lembranças de cada viagem e outras dicas em forma de scrap.
Agora, "bora" conhecer a Anna e os seus scraps?

1.     Seu nome: Anna Martinelli.
2.       Endereço do blog: http://www.finestrino.com.br/

3.       Por que resolveu criar um blog sobre viagens?
Porque tinha muita coisa pra compartilhar e todo mundo sempre perguntava das viagens, então juntei o útil ao agradável e criei o Finestrino.
Scrapbook da Colômbia

4.       O que a levou a criar scrapbooks de cada viagem?
Na verdade quando fui morar na Itália eu guardava tudo que via, pra depois fazer não sei o quê. Foi aí que um amigo me falou que queria fazer um scrapbook de lá. Adorei a idéia e imitei. Eu faço scraps até hoje, ele ainda não fez nenhum! Hehehe

5.        Há pessoas que fazem scrapbook mas em álbuns ou outro formato. Como você escolhe onde vai fazer os seus? Vi que nem sempre são cadernos normais.
Depende muito do tipo de viagem e do que encontro pela frente. O do Chile eu fiz dentro de uma taça de vinho... depende muito mesmo do que encontro pela frente... deixo a criatividade rolar. Quando é pra ser, é!

Scrapbook de Bali
6.       Que tipo de informações você gosta de registrar em seus scraps?
Tudo! Desde minhas impressões do lugar, piadas internas durante a viagem, o que gostei, o que não gostei, papel de bala, ticket de museu e metrô, mapas... tudo o que for possível e que me ajdue a lembrar de tudo depois.

7.       Vi que você usa objetos que guarda durante as viagens. Há algum critério para o que trazer ou não? Geralmente, o que mais guarda?
Eu trago tudo. Na verdade trago muita tranqueira e depois seleciono quando vou fazer. Não tem coisa pior do que "ahhh putz, devia ter trazido tal coisa pra usar aqui..". Prefiro ter mais e poder escolher o que usar, do que ter pouco. Se não estiver sujo (pra atrair bicho), está valendo e vai pra mala.
Scrapbook de Bangkok
8.       Qual é a história dos desenhos que faz nos cadernos? Existe um motivo específico para ilustrar você mesma? Não tem motivo nenhum, como falei, depende de cada lugar e também da criatividade que esse me passou. Depende também da minha criatividade no dia que estou fazendo o scrap. Tem dias que estou mais preguiçosa mesmo, e desenho menos. Eu sou designer, então quando posso e consigo desenhar algo que me lembre algum momento, eu desenho.

Scrapbook da Argentina
9.       Qual a coisa mais inusitada que trouxe numa viagem para um scrapbook?
Ahnnn ai que difícil... tem muitas na verdade. Tem fósforos de lareira de Bruxelas, tem taça de vinho, papel de chocolate, tampinha de bebida.... e hashis desenhados.

10.   O que diria para quem pretende experimentar fazer algo parecido?
Normalmente as pessoas tem preguiça. Confesso que as vezes eu também tenho. Mas é só sentar e começar que tudo flui e você começa a lembrar da viagem. É muito bom. Só colar e recortar as coisas já basta, não precisa se preocupar com o "ai não sou criativo, não sei desenhar e não posso fazer". O scrap é uma forma de guardar suas lembranças, só isso. Cada um deve encontrar o seu estilo!

Não é uma ideia muito interessante??
Amei a história de trazer o caderno com características do lugar que visitamos!
A Anna explica no blog dela os 5 passos que segue na elaboração de cada scrapbook:
1. Escolha o caderno.
2. Guarde tudo.
3. Organize-se.
4. Materiais (é aqui que ela fala dos desenhos).
5. Criatividade e paciência.

Ah, mas se você, como eu não tem habilidade nenhuma para desenhar, não se desespere.
Já achei a solução para nós! Fique de olho aqui no blog que logo venho mostrar.
E você, o que achou?
Gosta de organizar suas fotos? Tem o hábito de guardar memorabilias de suas viagens?
Deixe seu comentário sobre o assunto. Vou adorar saber sua opinião!

3 comentários:

Tati K. 7 de março de 2012 15:33  

Acho muito legal a maneira que a Anna tem de registrar suas viagens!

Eu, como uma boa preguiçosa e sem talento artistico nenhum, cato tudo o que vejo pela frente e trago comigo, mas paro por ai...

Quero saber qual a solução para nós!!!

Cristiane 8 de março de 2012 19:25  

Ai kátia vc é incrivel sempre atualizando nossa mente com coisas tão legais q amoooooooooo!!
Sou fã do seu blog!!!
Bjocassssssss

Daniele Pacifico 16 de março de 2012 20:23  

Gente, mto legal a ideia dela! Amei a reportagenm! Pena que eu tb não sei desenhar!

Postar um comentário

Obrigada pela visitinha.
Vou adorar um recadinho seu.
Ah, vai... deixa um "oi"! rs
Só clicar aí acima em "postar um comentário".
beijos

Por onde passei...


Visualizar Por onde passei... em um mapa maior

  © NOME DO SEU BLOG

Design by Emporium Digital