"... Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca..."

Pessoal, clique em READ MORE para ler os posts completos,ok?

(Itacaré - BA) Rafting

Esqueci de dizer no post anterior que cheguei mortinha de Morro de São Paulo e nem consegui ir pra Pituba com a galera.
Ah, esqueci também que a essa altura do campeonato, Hugo, Dani, Karine e eu já éramos uma "família". rss
Bom... segundo dia de passeio, terceiro de viagem e lá vamos nós para o rafting.
Tivemos sorte, porque choveu e ficou nublado praticamente o dia todo. Então, praia não ia rolar mesmo.
Para começar a aventura, uma estrada de terra depois de uma chuva. Resultado?! Van quase (eu disse quase) atolada e o César querendo pagar R$10,00 para cada um desistir do passeio e voltar para o hotel. rsss



Mas já no caminho é compensador... quedas d'água.


Chegamos... hora de (quase) me arrepender!
Digo isso, porque quando fomos recepcionados por alguns adolescentes, pensei: "Fudeu! Onde nos enfiamos?" kkkkkk
Ainda bem que apareceu um "responsável" para nos acompanhar. rsss


Tudo bem que a galera ficou meio "assim" depois de ler e assinar o termo de ciência. kkkk
(A partir de agora colocarei muitas fotos, porque a intenção era colocar uns dois vídeos, mas sem chance nesse note, que mal me deixa postar foto. Então, me desculpe se o post ficar cheio demais de imagens.)

Turma reunida
Ufaaaa, mas tudo fica mais tranquilo após 10 minutos de aula teórica, em que nos ensinaram remar, como nos comportar em caso de cair na água, etc kkkkk.
Me diverti!!


Depois era só cair no rio... debaixo de chuva!!
Molhei mais antes de entrar no rio do que lá dentro. rss

Primeira quedinha

Nosso grupo até remava direitinho... bem sincronizado!
Quando passa a primeira queda, temos a opção de descer do bote e seguir a correnteza. Como não sabia o que me esperava, preferi ficar no bote (#medrosa, rsss).

Mas não resolveu muito, porque minutos depois fui jogada na água.
Quem é quem?? Só um monte de cabecinhas amarelas no rio.


Paradinha básica, mas não é para descansar não. Não se iluda!
Logo a frente tem uma "queda nível 6", que não é pra qualquer um descer. Então, só pode ir um de cada bote.
Adivinha quem quase brigou no nosso para ir???? A Karine, é claro!!! rsss
O restante passa por uma trilha nessa matinha ao fundo e espera mais abaixo.


Depois é só seguir... remando, descansando, remando, descendo, bebendo água, porque não conseguimos parar de falar ou rir enquanto o rio joga água para todos os lados.



Pensa que agora é só remar e descer?
Tem uma pedrinha de 9 metros de altura, onde alguns insanos saltam e essa parada é justamente para isso.
Adivinha quem foi? A Karine, é claro!!! (de novo).
Confesso que fiquei com vontade, mas... (melhor não abusar da sorte! Não saber nadar e estar num rafting já não é muito lógico, agora saltar dessa altura é camisa de força na certa, né?!)

Karine saltando
E não é que o caiaque dos salva-vidas (tem hífen ou não? aiaiai!) virou?




Depois de remar por quase 2 horas, tem uma brincadeirinha de dar banho em alguém, na qual remamos contra o rio, é mole?!
Quando a força já acabou tem um baiano (Dida) gritando na sua cabeça: "DESENVOLVA!!!" kkkk
Nessa hora tive certeza que meus braços não se mexeriam no dia seguinte, mas, apesar de matar academia pra caramba, acho que algum efeito positivo teve, pois não senti dor nenhuma e todos os músculos respondiam sem traumas. rss




Paradinha para descanso, banho de rio e fotos (claro!).

César, Ju, Karine e Paula (ou seria Ana Paula? Nunca sei! Aff)
Bem, aquilo que nos foi dito na aula teórica sobre não ficar "panguando" (= bobear, kkk) foi o que fizemos nessa última queda. Quando todos processaram que era para ficar dentro do bote já tinhávamos praticamente descido. rs

Para encerrar, tem o surf com direito a um caldo básico, que consiste nada mais, nada menos, que ir com o bote para baixo da queda, onde ele fica preso e galera parece estar em um touro mecânico. rss
Coisa pouca! Tão pouca que ninguém leva os remos, olha só! Para ter as mãos livres para segurar nas cordas. rss (Essa merecia o vídeo. Assim que consertar meu amigo note aqui, eu posto.)


No começo a galera dá tchau e até ri (olha minha irmã e a Dani). Depois... bem, depois... só vendo! rs



No final, após 2h40 aproximadamente, ninguém tem mais forças, nem para falar, nem para nada e ainda tem uma tirolesa!
Mas já estava satisfeita de água por aquele dia e não fui. Só queria comer e ficar parada.


Tínhamos a opção de almoçar lá ou voltar para Itacaré. Acha que alguém quis esperar para comer em Itacaré? Estávamos todos mortos de fome. Tanto que a comida que a Luciana (um amor de pessoa) fez, não deu.
Era só "neguinho" pedindo: "tem mais arroz?", "onde está o feijão?"... kkkkk.
Acho que ela nunca cozinhou para um grupo tão faminto na vida.

Nesse dia fui para a Pituba.
O pessoal comeu acarajé, que na primeira barraca, chegando na Pituba pela Praia da Coroa, não é tão ruim. Digo isso, porque não gosto e experimentei. É bem sequinho!
Meu negócio é tapioca... e tem que ser na Bahia, pois já comi em outros lugares e não dá...
Na Tapiocaria Bem Brasil tem sabores que nem imaginamos, mas eu fiquei nas doces (coco e leite condensado, minha paixão, e chocolate com morango).
Para quem quer hospedagem mais barata a cidade é cheia de hostel. Na Pituba mesmo tem o Che Lagarto, que me pareceu bem legalzinho.

Bem, por hoje é isso! Dia 08 tem mais post sobre Itacaré.



2 comentários:

Larissa Andrade,  13 de agosto de 2012 13:12  

Oláaa, muito bacana seus relatos. to aqui anotando todas as dicas e sorrindo bastante com esse passeio e seus relatos. Vou para itacaré em outubro e com certeza nao deixarei esse passeio de fora. Muito obrigada.
Larissa Andrade

Kátia Cris 22 de outubro de 2012 17:33  

Larissa, que bom que minha história te ajudou!
Aproveitei para dar uma lidinha no post e matar a saudade. rs
Depois conta como foi sua viagem.
beijos

Postar um comentário

Obrigada pela visitinha.
Vou adorar um recadinho seu.
Ah, vai... deixa um "oi"! rs
Só clicar aí acima em "postar um comentário".
beijos

Quem passa por aqui!

Por onde passei...


Visualizar Por onde passei... em um mapa maior

  © NOME DO SEU BLOG

Design by Emporium Digital